Publicada em: 27/01/2020 13:39

1º Sarau Literário Pan-Amazônico é realizado em Itacoatiara pelo PARFOR/UEA

Acadêmicos de Letras realizaram diversas atividades na última sexta-feira (24). Pela primeira vez a cidade de Itacoatiara foi palco do Sarau Literário Pan-Amazônico organizado pela turma do curso de Letras do Programa de Formação de Professores da Educação Básica da Universidade do Estado do Amazonas (PARFOR/UEA).Diversos moradores, visitantes e acadêmicos puderam presenciar atividades como palestras, poesias, artesanato, paródia, danças regionais e mostras de desenhos da Literatura Pan-Amazônica.

O professor da turma organizadora do PARFOR/UEA, Lizandro Barboza, ressalta a importância de realizar um evento literário para se pôr em pauta o termo pan-amazônico em defesa dos povos da floresta. "Mostrar os conhecimentos tradicionais, através de cantos, danças, teatro, artesanato local é valorizar esse conhecimentos dos povos gerais que, atualmente, se encontram silenciados nos dias atuais. Nós esperamos que a nossa iniciativa ganhe vida e que próximos eventos saiam da área urbana e cheguem a comunidades ribeirinhas", enfatizou.

O projeto promoveu interação entre a academia e a comunidade itacoatiarense que se reuniram na Estação Cultura Cidadania Oscar Ramos e, por meio de uma parceria com a Academia Municipal de Letras de Itacoatiara, foram arrecadados materiais literários como poemas, poesias, contos e livros sobre os Povos da Floresta, além de apoio do Centro de Artesanato de Itacoatiara que viabilizou aos artesãos o local para venderem os produtos e assim movimentar a economia local.

Para o presidente da Academia Municipal de Letras de Itacoatiara, Frank Chaves, destacou que os acadêmicos apresentaram obras. "Poetas fizeram declarações dentro de temáticas amazonenses, como a questão do desmatamento, assunto principal do projeto. E isso é muito importante porque valoriza a tradição, cultura e literatura amazonense", completou.

Texto: Emilie Guimarães/ASCOM UEA
Foto: Arquivo pessoal

ITENS ASSOCIADOS