Publicada em: 02/12/2020 10:07

"Economia Circular e Sistemas de Produção" é tema de seminário da Fundação Vanzolini

Com a finalidade de debater os conceitos e tendências relativos à economia circular, abordando os vários aspectos de concepção, projeto e desenvolvimento de produtos e processos, a Fundação Vanzolini realiza a segunda edição do Seminário Economia Circular e Sustentabilidade na Cadeia Produtiva. O evento on-line será realizado no dia 10 de dezembro, das 9h às 17h15.

O diretor-presidente da Fundação Vanzolini e coordenador do evento, João Amato Neto, explica que a transição de uma economia linear para um modelo circular de negócios (com base em sistemas de produção de círculos fechados) apresenta grandes desafios, mas também representa boas oportunidades para as empresas, governos, indivíduos e a sociedade como um todo. "Vamos debater o tema da Economia Circular e dos Sistemas de Produção Sustentável com os engenheiros, especialistas, acadêmicos e líderes do setor público e da iniciativa privada", reforça.

Especificamente na segunda edição, o Seminário terá seis temas principais: O Advento da Economia Circular e o Paradigma da Sustentabilidade; Mercados Verdes e projetos de impacto socioambiental; Desafios e Oportunidades de Economia Circular na Amazônia; Desempenho Ambiental de Produtos; Impactos das tecnologias transformadoras para um modelo de produção sustentável; e Gestão de resíduos sólidos e inclusão social.

Ao discorrer sobre o programa do Seminário, Amato destaca a dimensão social da sustentabilidade e da Economia Circular entre os aspectos mais relevantes: "Nos dias atuais quase metade da população mundial vive com menos de US$ 2,50 por dia. E é justamente nos países mais pobres do planeta que, por exemplo, a questão do destino correto do lixo é extremante dramática", afirma.

Realizado com patrocínio do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (CREA/SP), o Seminário tem como apoiadores o Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da USP; a Universidade do Estado do Amazonas (UEA); e a Alumni USP.

Sobre a Fundação Vanzolini:

Há mais de 50 anos, a Fundação Vanzolini contribui para fomentar o desenvolvimento sustentável do Brasil. Criada e gerida por professores do departamento de Engenharia de Produção da POLI-USP, elabora, aplica e dissemina os conhecimentos da Engenharia no cotidiano de pessoas, empresas, instituições e governos, colaborando com soluções para desafios econômicos, ambientais, técnicos e sociais do país.

ITENS ASSOCIADOS