Publicada em: 28/07/2021 13:45

Curso em PrEP para profissionais da saúde é ministrado por professores da UEA e FMT-HVD

O Instituto de Pesquisa Clínica Carlos Borborema (IPCCB), da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), lançou nesta quinta-feira (28/07) um curso de capacitação em PrEP para profissionais e estudantes da saúde. O treinamento, em formato inédito no Amazonas, é parte do projeto Bora Combinar.

A PrEP, Profilaxia Pré-Exposição, é uma estratégia de prevenção ao HIV que consiste no uso diário, em um único comprimido, de medicamento antiviral. A profilaxia, gratuita e disponível no Sistema Único de Saúde (SUS), é eficaz e oferece de proteção contra o HIV superior a 90%, quando tomado regularmente.

Dividida em dez unidades de estudo, a capacitação, online e assíncrona, tem como objetivo abordar os benefícios do atendimento humanizado para otimizar o acesso ao PrEP, bem como desenvolver estratégias para melhorar e ampliar as ações de divulgação, acesso e aceitabilidade do uso do medicamento. Os módulos são ministrados por profissionais da saúde e professores da FMT-HVD e da UEA.

Podem se inscrever no curso profissionais e estudantes da saúde, das redes pública e privada de ensino, e indivíduos que trabalham com populações vulneráveis ao HIV. O acesso é gratuito e oferece certificado de 40 horas, emitido imediatamente após a conclusão dos módulos. "Para que a PrEP seja de fato incorporada à realidade das pessoas, é necessário que os profissionais de saúde e educadores de pares estejam atualizados e preparados para acolher, orientar e acompanhar a população que utilizada o medicamento", destaca a coordenadora do projeto, a médica infectologista Maria Paula Mourão.

Formato inédito

Em formato inédito no Amazonas, o curso online pode ser acessado gratuitamente por profissionais da saúde de todos os municípios. Atualmente, a PrEP está disponível apenas em Manaus, na FMT-HVD e na Clínica de Saúde da Família Raimundo Franco de Sá. "Em breve a PrEP será descentralizada para o interior do Amazonas; Tabatinga será o primeiro polo a disponibilizar o medicamento. Esperamos contribuir com a capacitação dos profissionais dos demais municípios que, devido a nossa realidade geográfica, têm menos acesso a treinamentos como esse".

Para realizar as gravações, o projeto contou com parceria da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). "Tivemos a felicidade de contar com a UEA e toda a sua expertise em ensino mediado por tecnologia. A equipe do Centro de Mídias da universidade, com muito carinho e capacidade técnica, nos auxiliou com esse trabalho tão sensível e importante para o sucesso da PrEP no Amazonas".

A capacitação já está disponível no site www.prepmanaus.com.br. Os interessados devem preencher a ficha de inscrição eletrônica, disponível na aba "capacitação" e, após receber email de confirmação, já podem acessar a plataforma de ensino e iniciar o curso.

Bora combinar

O projeto busca fortalecer as ações de divulgação e disseminar conhecimento sobre a PrEP, em Manaus. Para tal, a equipe desenvolveu a campanha 'Bora Combinar', que foi integralmente construída a partir da contribuição de parceiros, educadores de pares e representantes da comunidade LGBTQIA+, buscando aproximar e levar conhecimento sobre as estratégias de prevenção combinada contra o HIV e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

Materiais educativos para as redes sociais, planfletos sobre ISTs, podcast e outdoors espalhados pela cidade, são algumas das ações desenvolvida pelo grupo. Também fazem parte da campanha o website www.prepmanaus.com.br e um minidocumentário, que será lançado em breve. O projeto é financiado pela da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e conta com parceria da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa).

Texto: Assessoria de Comunicação - Instituto de Pesquisa Clínica Carlos Borborema (IPCCB)

ITENS ASSOCIADOS