Publicada em: 01/09/2021 12:09

'Cantinho do Saber' é inaugurado na ENS/UEA

Com o objetivo de agregar conhecimento à comunidade acadêmica e estimular a divulgação científica, a Escola Normal Superior da Universidade do Estado do Amazonas (ENS/UEA) inaugurou, na tarde desta terça-feira (31), o espaço 'Cantinho do Saber'. O local será palco do lançamento de livros e encontros com autores, buscando incentivar o interesse dos estudantes pelas publicações.

Segundo a diretora da ENS, Vanúbia Moncayo, "o quadro docente da UEA é altamente qualificado, formado em sua grande maioria por doutores. Portanto, encontramos essa forma de valorizar a ciência em um momento tão delicado em nosso país".

Artista educadora da ENS e uma das mentoras do 'Cantinho do Saber', Evaby Nascimento afirma que viu a importância de fazer a extensão entre professor e aluno. "Aqui é uma escola que forma professores que fomentam a pesquisa. Então, ainda não existia um espaço específico para essas produções", ressalta.

Homenagens

A biblioteca da ENS/UEA recebeu a placa da professora, Ierecê dos Santos Barbosa, que era Licenciada em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará (UFPA); Graduada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM); Mestre em Comunicação e Educação pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM); Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRGN).

Ierecê Barbosa fez parte do colegiado de Pedagogia, sendo professora da UEA, UFAM e do Centro Universitário do Norte (UNINORTE). Tinha vasta experiência na área de educação e ensino de Ciências. A doutora em Educação era preocupada com os processos de aprendizagem, atuando com as temáticas da educação, ensino e aprendizagem, cultura, ensino de ciências, neurociência e divulgação científica.

Foi fixada uma segunda placa na sala de reuniões da ENS em homenagem à professora Maria de Nazaré Corrêa da Silva, que era graduada em pedagogia pela UFAM, doutora em educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e mestra em educação pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Ela teve larga experiência na área de educação. Coordenou entre 2003 e 2010 a política de superação do analfabetismo no Amazonas, através do projeto de sua autoria: Programa de Letramento Reescrevendo o Futuro da UEA.

Foi membro da Comissão e Comitê Estadual da Agenda Territorial de Desenvolvimento Integrado de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos (CNAEJA). Além de liderar um grupo de pesquisa chamado "Observatório de EJA Reescrevendo o Futuro" certificado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Cnpq).

ITENS ASSOCIADOS